Futebol | Na tarde de Samuel, o Atlético não se livrou do susto.

Samuel Fernandéz festeja. O «ciganito» fez um hat-trick. Foto de Miguel Carrilho.

O Atlético continua na perseguição do sonho da subida à Divisão de Honra da Associação de Futebol de Lisboa, mesmo tendo levado um susto do CAC, a turma alcantarense somou os três pontos e cimentou uma vantagem de três pontos para o 3º classificado, o Palmense.

Quando falamos em susto é porque o Atlético esteve a vencer por cinco bolas a zero, numa tarde mágica de Samuel Fernandez. O «ciganito» fez um Hat-Trick, coroando uma exibição recheada de bons pormenores. João Canha, de cabeça e Omar Ture, fizeram os restantes golos da turma da Tapadinha, numa tarde de dilúvio em Lisboa.

Com 5-0 pouca gente esperava uma reacção do CAC, parecendo mais certo o Atlético fazer o sexto golo do que a turma da Pontinha “picar o ponto”. Mas eis que, de rajada e sem aviso prévio, o CAC marca um, marca dois, marca três… e o Atlético põe-se em sentido!

Foi o suficiente para pregar um susto às gentes de Alcântara, mas ficou por aí, acabando o jogo com um «score» de 5-3 para a equipa da casa.

– – –

Atlético – CAC, 5-3 
26 de Março de 2017, 15:00H 
Estádio da Tapadinha, em Lisboa
1ª Divisão da AF Lisboa
Golos: Samuel Fernandez (3), João Canha e Omar Ture.

ATLÉTICO – João Tiago; João Jorge, João Canha (C), Vando Samuel e Tomás Chagas; Pedro Fonseca, Marinho e Oldair Brito; Joel Furtado, Omar Ture e Samuel Fernandez.
Jogaram ainda – Hipólito, Leandro Silva, Dani Costa, Vítor Henriques e Ricardo Lopes.
Treinador – Rafael Gomes

– – –

A Redacção

Comentários