Futsal

Futsal | Atlético – Futsal Oeiras, 1-5

O Atlético sofreu uma pesada derrota em casa, com o Futsal Oeiras, numa jornada atípica e cheia de resultados inesperados nesta 1ª Divisão da Associação de Futebol de Lisboa.

Começemos pelo jogo da Tapadinha, onde o Atlético, depois de entrar em falso ao sofrer um golo logo no primeiro minuto da partida, equilibrou e até se superiorizou ao seu adversário. Ao golo inaugural do Futsal Oeiras respondeu Fabinho, que numa reposição de bola na linha lateral remata e vê um adversário desviar a bola para a baliza.

Com tudo equilibrado ao intervalo, nada faria prever a desastrosa segunda parte da equipa alcantarense. O Futsal Oeiras volta para a frente do marcador aos 35′, amplia aos 41′ e chega ao quarto golo aos 44′. Ou seja, em 14 minutos factura por três vezes, deixando a equipa da Tapadinha, psicologicamente, de rastos.

O Atlético ainda iria sofrer novo golo já perto do fim, aos 58′, numa altura em que tentava, mais com o coração do que com a cabeça, reduzir o resultado. O Futsal Oeiras vence com toda a justiça, mas por números exagerados.

No entanto, a jornada acaba por não ter sido tão prejudicial quanto podia, já que a Quinta dos Lombos, líder, perdeu em casa com o CAD e o Internacional perdeu, também em casa, com o Arcena. O Atlético continua a três pontos do primeiro, mas desceu uma posição na tabela, encontrando-se agora em quarto lugar.

– – –

PONTOS POSITIVOS
Pouco há a apontar de positivo na exibição do Atlético. Cláudio Tavares e Rodrigo Cordeiro tentaram remar contra a maré, mas a equipa estava em dia não. O Atlético até passou bastante tempo no seu meio-campo ofensivo, mas produziu muito pouco.

PONTOS NEGATIVOS
A expulsão de Cigano é “infantil”. O Ala é expulso por protestos no seu banco. Defensivamente o Atlético esteve terrível. Piranha está em baixo de forma, e os colegas também não ajudaram. Sofrer três golos em quinze minutos acabou com a reacção da equipa.

– – –

ATLÉTICO CP – FUTSAL OEIRAS, 1-5
11 de Novembro de 2017, às 20:00H.
Pavilhão Eng.º Santos e Castro, em Lisboa.
I Divisão AF Lisboa

Ao intervalo: 1-1
Marcha do marcador: 0-1; 1-1; 1-2; 1-3; 1-4; 1-5.
Marcadores: Fabinho (18′)

ATLÉTICO – Piranha, Cardoso, Codé, Cigano e Cláudio Tavares.
Jogaram ainda – Rodrigo Cordeiro, Rodas, Vu (C), Fabinho e Pedro Pinheiro
Suplentes não utilizados – Rogério Pancas e Fábio Lourenço.
Treinador – Carlos Matos.

Disciplina – Cartão amarelo para Fabinho (17′), Cigano (17′) e Cardoso (29′). Cartão vermelho directo para Cigano (29′).

Comentários