Futebol

Futebol | Atlético – Académica, 0-1

A Académica de Coimbra sentiu grandes dificuldades para eliminar hoje o Atlético da Taça de Portugal, tendo vencido na Tapadinha por 1-0, em encontro da sexta eliminatória da prova.

Cláudio Pitbull, o avançado brasileiro emprestado pelo FC Porto aos estudantes, foi a grande figura do encontro, ao sair do banco aos 74 minutos e, já em período de descontos, ter resolvido a partida, com um golo apontado a cerca de 30 metros da baliza.

O Atlético voltou a mostrar mais uma vez o porquê de ser considerada a equipa sensação da prova, isto depois de ter eliminado na quarta ronda o campeão nacional e detentor da Taça, o FC Porto, em pleno Estádio do Dragão.

Desde muito cedo se percebeu que a Académica não iria ter vida fácil na Tapadinha.

Na primeira parte, assistiu-se a um jogo muito equilibrado, com as duas equipas a jogar balanceadas para o ataque, se bem que por vezes num futebol nem sempre bem jogado, também muito por culpa do relvado, que se encontrava escorregadio.

O ritmo de jogo baixou na etapa complementar, tendo a Académica deixado de ser perigosa no ataque e o Atlético, que também passou a incomodar muito menos o último reduto contrário, passou a ser a melhor equipa em campo.

Depois de a equipa da Tapadinha ter falhado algumas oportunidades para se adiantar no marcador, a Académica acaba por colocar um ponto final no sonho das gentes de Alcântara, ao beneficiar da inspiração de Cláudio Pitbull, que, já no segundo minuto de compensação, arrancou um remate a 30 metros da baliza e fez o único tento do encontro.

Taça de Portugal
Estádio da Tapadinha, Lisboa
ATLÉTICO 0-1 ACADÉMICA
Marcador:
Claúdio Pitbull (92′)

ATLÉTICO: Marco; Paulo Pereira (David, 59′), Ricardo Airez, Rolão, Nuno Gaio, Simões, Lapinha (Artur Jorge Vicente, 81′), Marco Bicho, Edmar, Cláudio Gomes (Rui Andrade, 62′) e Rui Varela.
Suplentes: Paulo Grilo, João Pedro, Colaço, Rui Andrade, Sandro, Artur Jorge Vicente e David.
Treinador: António Pereira.

ACADÉMICA: Pedro Roma, Lino, Litos, Káká, Paulo Sérgio, Alexandre, Pavlovic, Lira (Roberto Brum, 74′), Dame, Sarmento (Gyano, 45′) e Joeano (Cláudio Pitbull, 74′).
Suplentes: Douglas, Danilo, Roberto Brum, Gelson, Nuno Piloto, Gyano e Claúdio Pittbull.

Árbitro: Augusto Duarte (Braga)
Disciplina: Cartão amarelo para Káká (70′) e Paulo Sérgio (89′).

Comentários